Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
1 2 3 4
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
APRESENTAÇÃO  (16-09-2017)
FOTOS DE EVENTOS  (16-09-2017)
CURRICULUM VITAE  (16-09-2017)



ONLINE
1





 

 
 
 

 



VALORES ORGANIZACIONAIS

VALORES ORGANIZACIONAIS

VALORES ORGANIZACIONAIS

 

                        Qualquer empreendimento, por menor que seja, necessita estar devidamente estruturado para atingir os objetivos que se propõe. Entre a pretensão de realizar e o efetivo cumprimento dos objetivos propostos há um longo caminho a seguir. Neste caminho, a empresa deverá definir sua estratégia de ação, sendo que essa estratégia será colocada em prática observando-se determinados valores organizacionais.

                        Assim, podemos considerar valores organizacionais como um conjunto de princípios que direcionam a empresa a seus objetivos. Esses valores não são originados dos colaboradores individualmente, mas representam a política de condutas da empresa, ou seja, tudo aquilo que a empresa acredita e utiliza como instrumento de consecução de seus objetivos. Logo, se o caminho traçado pela empresa tem objetivos pré-determinados, logicamente esse caminho deve ser superado de alguma forma. Os valores organizacionais definem os protocolos morais a seguir, de forma que os integrantes da organização não fiquem perdidos e passem a agir de acordo com seus próprios desejos e impulsos.

                        Sintetizando, os valores organizacionais nada mais são que ideias fundamentais em torno das quais se constrói a organização. Representam as convicções dominantes, as crenças básicas, aquilo em que a maioria das pessoas da organização acredita. São elementos motivadores que direcionam as ações das pessoas na organização, contribuindo para a unidade e coerência do trabalho. Sinalizam o que se persegue em termos de padrão de comportamento de toda a equipe na busca da excelência.[1] 

                        Observem um exemplo de um catálogo de Valores Organizacionais de uma empresa aqui mesmo em Bagé/RS, a Lancheria Só Filé:

 

 

 

REFLEXÃO SOBRE O CONCEITO DE RAZÃO

Para a Filosofia, a razão é a faculdade em virtude da qual o ser humano é capaz de identificar conceitos e de questioná-los. Desta forma, consegue determinar a coerência ou a contradição entre eles e pode induzir ou deduzir outros conceitos diferentes daqueles que já conhece, tendo uma melhor base para tomar decisões de forma mais equilibrada.

A razão, via de regra, se contrapõe à emoção. No contexto organizacional, as decisões devem ser focadas nos processos permeados pela razão. A análise das situações e possibilidades, assim como dos impactos e consequências de cada decisão, deve ser considerada no âmbito da empresa para fator preponderante para que o objetivo seja alcançado, assim como os preceitos éticos sejam respeitados. Decisões tomadas estritamente com base nas emoções tendem a desconsiderar as consequências que dela poderão advir, o que gera o risco iminente de estabelecer significativos prejuízos financeiros e à imagem da empresa. Ademais, podem causar consequências graves em relação aos colaboradores e à própria sociedade.

RACIONALIDADE E ÉTICA

                        Ocorre que, se as decisões no âmbito da Empresa devem ser adotadas com base na racionalidade, obviamente esta racionalidade deve ser conduzida por protocolos éticos. Desta forma, o agente incumbido de decidir deve avaliar todas as possibilidades, num contexto de racionalidade, e escolher aquela que melhor se amolda às pretensões da Empresa, mas avaliando seus impactos nos colaboradores, clientes e na sociedade em geral. Decidir exige racionalidade, sendo que esta deve sempre ser instrumentalizada pela ética.

Ação Racional – Racionalidade

 

PENSANDO VALORES

                        Assim, se atualmente é essencial para uma empresa catalogar, divulgar e implementar seus Valores Organizacionais, que devem observar os mandamentos éticos e morais, também é essencial que tais valores sejam devidamente pensados. Pensar os Valores Organizacionais representa adotá-los a partir de uma análise das necessidades da empresa, dos colaboradores, dos clientes e da sociedade, sopesando seu impacto interna e externamente em relação à empresa, em especial a repercussão dos mesmos na sociedade e em relação aos clientes.



[1] Conceito disponível em < http://marketingfuturo.com/o-que-sao-valores-organizacionais-conceito-e-definicao-de-valores-organizacionais/>.