Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
1 2 3 4
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
APRESENTAÇÃO  (16-09-2017)
FOTOS DE EVENTOS  (16-09-2017)
CURRICULUM VITAE  (16-09-2017)



ONLINE
1





 

 
 
 

 



DEFINIÇÃO DE ÉTICA EMPRESARIAL

DEFINIÇÃO DE ÉTICA EMPRESARIAL

DEFINIÇÃO DE ÉTICA EMPRESARIAL

 

2.1 – ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES

 

a)    Conceituação

Segundo Joaquim Magalhães Moreira (Ética Empresarial no Brasil. São Paulo: Pioneira, 1999, p. 28), a Ética Empresarial ou Ética nas Organizações pode ser conceituado como o comportamento da empresa – entidade lucrativa – quando ela age de conformidade com os princípios morais e as regras do bem proceder aceitas pela sociedade (regras éticas).

Já vai longe o tempo em que as empresas resumiam suas ações à busca do lucro. Atualmente, para que tenha viabilidade, uma empresa deve primar pela chamada Ética Empresarial, professando condutas que ultrapassam as barreiras do mero interesse interno. Assim, as empresas devem primar pelo relacionamento saudável entre seus colaboradores; respeitar os direitos dos clientes; agir de forma honesta e proba em relação ao Estado; observar a responsabilidade social e ambiental. É todo este conjunto de boas práticas que vão formatar o conceito de Ética Empresarial.

 

b)   Formação Ética nas Empresas

Para que uma empresa observe os procedimentos éticos em suas atividades, não basta a mera existência de recomendações a este respeito. Tampouco é suficiente a criação de um Código de Ética. A formação ética em uma empresa reveste-se de complexidade e deve ser buscada em todos os momentos.

A máxima de que o exemplo vem de cima é o ponto de partida para a formação ética nas empresas. Não é possível exigir dos colaboradores que observem a ética e os bons procedimentos se a cúpula da empresa faz exatamente ao contrário. Uma empresa cuja cúpula não respeita os consumidores praticamente gera uma linha mestra de atuar de seus colaboradores, neste mesmo sentido. Assim, pouco importa se no papel a empresa se apresenta como gerenciadora de boas práticas, se na realidade despreza tais valores.

Outro ponto importante é a contínua orientação e treinamento dos colaboradores, que devem ser treinados para observarem as boas práticas, em todos os sentidos, quer seja no relacionamento interno, quer seja no relacionamento com clientes, com outras Empresas, com a comunidade e com o próprio Estado.

A busca pela excelência de comportamento deve ser um dos vetores primordiais da empresa, como base de uma formação ética.

O website “Significados” (www.significados.com.br) observa de forma bastante pertinente a relação de importância na formação Ética das Empresas. Vejamos:

              "A ética empresarial fortalece uma empresa, melhorando a sua reputação e tendo      também um impacto positivo nos seus resultados. Uma empresa que cumpra determinados padrões éticos vai crescer,  e vai favorecer a sociedade, os seus fornecedores, clientes, funcionários, sócios e até mesmo o governo. A ética empresarial é uma prática essencial de uma empresa, assim como a responsabilidade social e responsabilidade sócio-ambiental.

Um dos grandes benefícios da ética empresarial é que ela é reconhecida e valorizada pelo cliente, sendo estabelecida uma relação de confiança. Essa relação, baseada na satisfação do cliente, vai originar lucro para a empresa, ajudando a que ela cumpra os seus objetivos. No entanto, a confiança com o cliente é uma coisa que demora algum tempo a conseguir, e pode ser perdida com algum erro cometido a nível empresarial.

A ética empresarial é a razão de ser de uma empresa, e as empresas que não funcionam de forma ética, por exemplo, tentando ganhar dinheiro fácil enganando os clientes, estão condenadas ao fracasso."